MySpace

 

imagem roubada a Francesco Musolini, jornalista da Vogue

 

O MySpace foi ontem vendido pelo grupo de Rupert Murdock, pelo valor de 35 milhões (a clausula de rescisão do Falcão, mais um ano de ordenados do Villas-Boas). Este mesmo grupo, comprou o site há seis anos (2005), por 580 milhões. O gigantismo dos 35 milhões de utilizadores do MySpace, tornou-se numa nano ervilha, comparando com os 700 milhões de utilizadores registados no Facebook.

 

O que hoje é verdade nas redes sociais, amanhã pode deixar de o ser. Não há formulas e vence sempre a criatividade, prova disso mesmo é o facto do grande patrão dos media americanos nada ter conseguido fazer para aguentar MySpace nesta guerra - é que perder 545 milhões ainda custa, mesmo para Murdock.

publicado por João Gomes de Almeida às 14:40 | link do post