Ebook no ereader ou no tablet?

Quando trabalhei a primeira vez com um iPad e tempos mais tarde com um Galaxy Tab, pensei sinceramente que estávamos muito perto do fim dos ereaders  (bye bye Kindle!). Ontem, bebia um café de manhã no Rossio e passou uma rapariga por mim com um Sonyreader - mais uma estrangeira, pensei eu. Fui para o metro, duas cadeiras depois de mim estava sentado um rapaz, com aparência de ser português, a ler num Kindle - mas que raio, desabafei baixinho.

A verdade é que o mercado das tecnologias nunca é exacto e ontem mesmo, em plena época de euforia em torno dos tablets e smartphones iOS e Android, a Google anunciou o lançamento do seu ereader. Chama-se Story HD e estará à venda já no Domingo, o preço será de apenas 99€ e a grande vantagem será a ligação à internet via wi-fi, em contacto directo com a Googlebooks, que disponibiliza mais de três milhões de obras gratuitamente.

Quererá a Google concorrer com o seu software Android para tablets? Não me parece. Apenas criaram um produto para um público diferente, porque na verdade existe um público diferente, que continuará a comprar ereaders.

publicado por João Gomes de Almeida às 14:49 | link do post