Quinta-feira, 05.05.11

Tornei-me facilitista

 

Procura-se Relações Públicas para discoteca no Montijo, procuram-se promotores para trabalhos de Relações Públicas em centro comercial, ou procura-se Relações Públicas comissionista para equipa comercial (gosto especialmente desta). Basta dar uma vista de olhos às secções de emprego dos jornais, para percebermos que a maioria das empresas não fazem ideia do que são as Relações Públicas.

 

Trabalhar em RP é para a maioria das pessoas (e para a "imprensa" cor-de-rosa em especial) andar de festa em festa em busca do melhor canapé e sumo de laranja em pó. De quem é a culpa? Da comunicação social, das agências, dos profissionais da área? Sinceramente, não faço a mínima ideia.

 

Daqui em diante, vou retaliar. Vou chamar os contabilistas de bombeiros, os professores de padeiros, os padeiros de economistas e os árbitros de ladrões (ups, estes já chamo de vez em quando). Começo a pensar que esta é a melhor estratégia, ou pelo menos a menos trabalhosa. 

publicado por João Gomes de Almeida às 18:47 | link do post | comentar

Estranho, não?

 

 

 

 

 

Via Graham Smith

 

publicado por B.A. às 16:24 | link do post | comentar

"I do solve problems..."

 

[...]

The Wolf: You're... Jimmie, right? This is your house?
Jimmie: Sure is.
The Wolf: I'm Winston Wolfe. I solve problems.

[...]

publicado por B.A. às 16:04 | link do post | comentar

pesquisar neste blog

 
Bruno Araújo
Edgar Ferreira

twitter @ABEsocial

facebook ABE

arquivos

tags

links

subscrever feeds